Jejum Intermitente: 5 Dicas Especiais Para Iniciantes

A prática do jejum intermitente pode trazer mais bem-estar em sua rotina, e nós trouxemos 5 dicas especiais para iniciantes que desejam ter mais qualidade de vida.


Por isso, hoje vamos te contar os principais pontos dessa “dieta”, como ela pode ser combinada com treino e ingestão correta de água. Ficou curiosa? Então vem conferir!

Jejum Intermitente: 5 Dicas Especiais Para Iniciar -Verduras e legumes, em uma parte do prato, com um relógio vermelho ao lado.

Jejum intermitente: conheça tudo sobre a prática


A princípio, o jejum intermitente vem ganhando popularidade nos últimos anos como uma abordagem eficaz para a perda de peso e o bem-estar geral da nossa vida.


Essa prática envolve alternar períodos de alimentação com períodos de jejum. Neste artigo, vamos explorar o jejum intermitente, e os seus benefícios potenciais.


Além disso, vamos fornecer cinco dicas essenciais para quem está começando essa jornada em busca de uma vida mais saudável. Porém, as dicas aqui não anulam a importância de buscar um nutricionista.


Afinal, o que é o jejum intermitente


Bom, o jejum intermitente é uma prática na qual você alterna períodos de alimentação com períodos de jejum. Ou seja, onde você fica algumas horas sem comer.


Nesse sentido, existem diferentes métodos de jejum intermitente, como o método 16/8, em que você jejua por 16 horas e tem uma janela de alimentação de 8 horas.


Mas também existe o método 5:2, que envolve comer normalmente por cinco dias e reduzir a ingestão calórica nos outros dois dias. É importante ressaltar que o jejum não é uma dieta restritiva.


Em outras palavras, é uma mudança no padrão de alimentação. E assim como qualquer dieta ou reeducação alimentar, é importante que seja acompanhada por um nutricionista.


Benefícios do jejum intermitente para o bem-estar


A princípio, o jejum intercalado pode trazer diversos benefícios para a saúde e o bem-estar. Além da potencial perda de peso, há melhora em outros aspectos também.


Alguns estudos mostraram que essa prática pode melhorar a sensibilidade à insulina, reduzir a inflamação, promover a limpeza celular e aumentar a produção de hormônio do crescimento.


Entretanto, é importante ressaltar que cada pessoa é única, e os resultados podem variar. Como dito, é preciso consultar um nutricionista antes de iniciar qualquer tipo de dieta.

5 dicas especiais para começar o jejum


Agora que você já entendeu um pouco sobre o que, de fato, é o jejum intermitente, que tal conferir 5 dicas especiais que separamos para você a seguir? Vem conferir:


1 – Consulte sempre um nutricionista


Antes de iniciar o jejum intermitente, é essencial buscar orientação de um profissional especializado. Um nutricionista pode avaliar sua saúde, histórico médico e necessidades individuais.


Desse modo, ele poderá fornecer orientações personalizadas para garantir que você esteja adotando uma abordagem adequada para intercalar suas refeições diariamente.


2 – Beba bastante água


Que beber água é fundamental, você já sabe, mas durante o jejum é importante manter-se hidratado. A água desempenha um papel crucial no funcionamento adequado do corpo e ajuda a reduzir a fome.


Então, certifique-se de beber água suficiente durante o dia, mesmo quando estiver em jejum. De preferência, beba 0,35 ml por kg corporal. Mas se conseguir beber 2l já está valendo.


3 – Equilibre sua alimentação


Quando estiver na janela de alimentação, concentre-se em fazer escolhas saudáveis. Opte por alimentos ricos em nutrientes, como frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais.


Dessa forma, evite alimentos processados e açúcares refinados, pois eles podem prejudicar seus esforços e comprometer sua saúde com o passar dos anos.


4 – Treine diariamente


O jejum intermitente deve ser combinado com exercícios físicos para maximizar seus benefícios. Então, treine para gastar calorias, mas também para fortalecer os músculos.


Contudo, tenha em mente que durante os períodos de jejum prolongado, a intensidade do treino precisa ser reduzida para não trazer malefícios a sua saúde.


Escute seu corpo e adapte seus treinos conforme necessário. Lembre-se de sempre consultar um profissional de educação física antes de iniciar um novo programa de exercícios.


5 – Seja consistente


A consistência é fundamental para obter resultados com o jejum intermitente. Defina uma rotina que funcione para você e seja viável em longo prazo e que não te prejudique.


Nesse sentido, a adesão regular ao jejum intermitente ajudará seu corpo a se adaptar e otimizar seus benefícios. E novamente, lembre-se de falar com seu nutricionista.


Como você pode ver, o jejum intermitente pode ser uma abordagem eficaz para promover a saúde, o bem-estar e a perda de peso, quando praticado de maneira correta.


No entanto, é importante lembrar que cada pessoa é única, e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra. Então, nada de copiar a amiguinha.


Antes de iniciar a janela de alimentação, é recomendado consultar um profissional para avaliar sua saúde e receber orientações personalizadas para suas necessidades.


Ao seguir as dicas que listamos acima, você estará no caminho certo para começar o jejum intermitente de forma saudável, equilibrada e focada na sua saúde física.