Unha Encravada: Sintomas e Tratamentos

Está sofrendo com uma unha encravada? Calma, porque hoje vamos falar sobre sintomas e tratamentos indicados para lidar com esse problema da melhor maneira.


Além disso, vamos falar sobre como cuidar das unhas no geral, e o que fazer quando se depara com uma unha inflamada. Continue lendo para saber os detalhes.

Unha Encravada: Sintomas e Tratamentos - Podólogo desencravando uma unha.
Unha Encravada: Sintomas e Tratamentos (Imagem: Canva)

Unha encravada


A princípio, as unhas encravadas podem ser um problema bem comum, que causam muito desconforto e dor intensa. Será que você reconhece esses sintomas?


Essa condição ocorre quando a borda da unha cresce para dentro da pele circundante, resultando em inflamação e, em casos mais graves, até uma infecção.


Logo, entender os sintomas, tratamentos e a importância de buscar a ajuda de uma Podóloga é fundamental para lidar com esse problema de forma eficaz e evitar complicações futuras.

Quais os sintomas de unhas encravadas


Com efeito, os principais sintomas de uma unha encravada podem variar de leves a graves. Inicialmente, você pode notar vermelhidão, inchaço e sensibilidade ao redor da unha afetada.


Então, à medida que a unha cresce mais profundamente na pele, a dor pode aumentar e a área ao redor da unha pode ficar quente e bastante febril ao toque.


Em alguns casos, pode ocorrer uma infecção, o que pode levar a sintomas como pus, aumento da dor. Nessas horas, é importante buscar ajuda de uma profissional: a Podóloga!

Por que procurar uma Podóloga

Após identificar os primeiros sintomas de uma unha encravada, é indicado procurar a orientação de uma Podóloga. A princípio, essa profissional é especializada em cuidar da saúde dos pés e das unhas.


Nesse sentido, a Podóloga pode oferecer diversos tratamentos adequados para aliviar a dor e prevenir complicações. Inclusive, o correto mesmo é que apenas a Podóloga trate suas unhas.


Além disso, essa profissional vai avaliar a gravidade da situação e realizar procedimentos como corte correto das unhas, remoção da parte encravada e garantir os curativos adequados.


Porém, em casos mais graves, quando há infecção, a Podóloga vai poder prescrever antibióticos tópicos ou orais para tratar a infecção de maneira adequada.

O que fazer ao se deparar com uma unha inflamada

Unha Encravada: Sintomas e Tratamentos  - Podóloga tratando uma unha.
Unha Encravada: Sintomas e Tratamentos (Imagem: Canva)


Se você se deparar com uma unha inflamada e encravada, saiba que existem algumas medidas que você pode adotar antes mesmo de procurar a Podóloga. Confira:

1- Mergulhar o pé em água morna: com efeito, mergulhar o pé na água morna com um pouco de sal pode ajudar a reduzir o inchaço e amolecer a pele ao redor da unha;

2- Não corte a unha: evite cortar a unha encravada por conta própria, pois isso pode piorar a situação e aumentar o risco de infecção e pus no local;

3- Use calçados confortáveis: enquanto estiver tratando as unhas, prefira usar calçados que não pressionem os dedos e ofereça espaço suficiente.

Quais os cuidados essenciais para suas unhas


Além de saber como lidar com uma unha encravada, é igualmente importante adotar hábitos saudáveis de cuidado com as unhas para prevenir futuros problemas:

1- Corte correto: em primeiro lugar, corte suas unhas retas ao invés de deixá-las redondas. Assim, você vai evitar que as bordas cresçam para dentro da pele;

2- Limpeza regular: em seguida, mantenha suas unhas limpas e secas para prevenir o acúmulo de sujeira e bactérias que podem levar a infecções

3- Hidratação: acredite, aplicar um hidratante nas cutículas e ao redor das unhas vai evitar que a pele fique ressecada e mais propensa a irritações;

4- Use calçados adequados: sempre escolha sapatos que se ajustem corretamente e não apertem os dedos, oferecendo um espaço adequado;


Como você pode ver, as unhas encravadas podem ser dolorosas e desconfortáveis, mas ao tomar medidas adequadas desde o início, é possível aliviar os sintomas e prevenir complicações.

Com efeito, buscar a ajuda de uma Podóloga ao sinal dos primeiros sintomas é fundamental para receber o tratamento correto e que vá surtir efeito positivo.


Além disso, adotar bons hábitos de cuidado com as unhas no dia a dia pode ajudar a evitar problemas futuros, garantindo que seus pés permaneçam saudáveis e livres de desconfortos.


Por fim, lembre-se sempre de que a saúde das unhas é parte integrante do cuidado geral com o corpo e merece a devida atenção, mesmo que seja uma parte tão pequena.