Calvície: O Que é e Quais São os Sintomas?

A calvície atinge milhares de mulheres pelo mundo. No entanto, já existem diversos tratamentos para cuidar do cabelo e do couro cabeludo e reduzir os danos. Saiba mais sobre a calvície, o que é e quais são os sintomas!


Neste post, nós vamos te contar mais sobre esse problema, além de trazer dicas para cuidar do couro cabeludo, como identificar a calvície feminina e mais!

Calvície: Tudo o que você precisa saber sobre esse problema


A gente já trouxe diversos conteúdos aqui sobre como cuidar do cabelo, além de práticas que você deve evitar se quiser manter a saúde e beleza dos seus fios.


Contudo, hoje nosso assunto é um pouquinho mais sério, pois vamos falar sobre um problema que pode assombrar a vida e a autoestima de muitas mulheres: a calvície!


A princípio, a calvície feminina é uma condição menos comum do que a queda de cabelos que atinge os homens. No entanto, ela pode se mostrar um problema se não for tratada.


Mas calma, com os tratamentos corretos você pode reduzir os danos da calvície feminina e manter seu couro cabeludo saudável, forte e produzindo novas madeixas.

Quais os primeiros sintomas da calvície feminina?


O primeiro passo para identificar se você sofre de calvície é entender a diferença entre ela e a queda de cabelo comum. Geralmente, uma pessoa perde de 100 e 150 fios de cabelo por dia.


Entretanto, essa queda pode deixar de ser normal quando uma quantidade maior de cabelo começa a cair. Por exemplo, encontrar um tufo de cabelo no travesseiro.


Porém, a calvície feminina é uma espécie de disfunção que acontece de forma progressiva, se manifestando com a rarefação dos fios no topo da cabeça, mas sem cabelos caindo visivelmente.


Esse processo se chama miniaturização do cabelo, e o principal sintoma é quando os fios começam a ficar muito finos e ralos. Por isso é importante se atentar.


A calvície feminina atinge cerca de 5% das mulheres brasileiras, e caso tenha notado algum desses sintomas, o correto é procurar um médico o mais rápido possível.

A calvície tem cura?


Já deixamos bem claro que o couro cabeludo necessita de cuidados. E se você está enfrentando a calvície, é importante buscar os tratamentos adequados o quanto antes.


Dito isso, será que a calvície feminina tem cura? Bom, dependendo do grau de severidade, os tratamentos podem sim reduzir consideravelmente os danos.


A princípio, em casos mais leves, os tratamentos prescritos envolvem o uso de remédios para controlar a ação de uma enzima chamada de 5-alfa redutase.


Nesse sentido, ela impede a produção de DHT (no caso de mulheres fora da idade reprodutiva). Mas também é possível usar tônicos que estimulam o crescimento dos fios.


No caso de calvície mais grave, tratamentos clínicos são indicados, com duração de meses, para poder observar e garantir que eles estejam surtindo os efeitos esperados.

É possível evitar a calvície feminina?


Será que é possível preservar os fios em seu couro cabeludo e evitar a calvície? Pois saiba que sim, é possível prevenir o surgimento da condição de alopécia!


Mas para isso, é necessário adotar alguns hábitos que, além de afastar a calvície feminina do seu cabelo, vai trazer mais qualidade de vida e saúde para seus fios.


1 – Fique longe do cigarro


As toxinas presentes no cigarro podem comprimir os vasos sanguíneos e, consequentemente, vão prejudicar a circulação de sangue no seu couro cabeludo.


Ou seja, a quantidade necessária de oxigênio e nutrientes importantes para o crescimento das madeixas, não vão conseguir chegar ao seu couro cabeludo.


2 – Evite fazer procedimentos químicos


Parece óbvio, mas ficar jogando diversas químicas no cabelo é um jeito de atrair a calvície feminina para seu couro cabeludo. E você, provavelmente, não quer isso.


Desse modo, passe longe de tratamentos e produtos químicos, Por exemplo, alisamentos, que são repletos de componentes e toxinas capazes de entrar na sua corrente sanguínea.


3 – Lembrando: não lave o cabelo com água quente


Nós já dissemos várias vezes aqui que a água quente é a inimiga número um do couro cabeludo. Mas não custa ressaltar que só se lava o cabelo com água morna.


Além disso, o calor também vai abrir a cutícula dos fios, retirando os óleos naturais. Como resultado, suas madeixas vão ficar secas, opacas e bem quebradiças.


Como você pode ver, a calvície pode ser evitada. No entanto, caso esteja sofrendo com essa condição, saiba que existem tratamentos para reduzir os efeitos colaterais.