Coolsculpting: Tratamento Para Gordura Localizada

Pensando em fazer o coolsculpting? Então hoje, vamos te contar tudo sobre este tratamento para gordura localizada que já é um sucesso entre muitas mulheres.


A seguir, você confere várias dicas sobre o procedimento, quem pode fazer a criolipólise, e como o dermatologista pode te orientar da forma correta. Acompanhe!

Neste artigo você vai encontrar:

Brasileiras têm investido cada vez mais em procedimentos estéticos


O universo da beleza e bem-estar nunca esteve tão em alta no Brasil. Cada vez mais, as brasileiras buscam alternativas para se sentirem bem consigo mesmas.


Por isso, muitas têm investido em procedimentos estéticos que auxiliam na conquista da tão almejada autoestima. Entre as preocupações mais comuns está a gordura localizada.


A princípio, a gordura é uma vilã antiga que insiste em se alojar em áreas específicas do corpo, causando desconforto e baixa autoestima, especialmente nas mulheres.


Para entender melhor como combater esse problema, vamos mergulhar no mundo do Coolsculpting, um tratamento revolucionário que promete afinar a cintura e trazer de volta a confiança que você merece.

Por que nosso corpo acumula gordura localizada?


Agora que sabemos como a busca pela beleza está em alta, é fundamental compreender por que nosso corpo insiste em acumular gordura em áreas específicas.


Antes de mais nada, o corpo humano é bastante complexo e, muitas vezes, a nossa genética e o estilo de vida podem conspirar contra nós e nossa aparência estética.


Nesse sentido, a famosa gordura localizada costuma se concentrar em regiões bem específicas, como abdômen, flancos, coxas e braços, causando muita frustração.


A explicação para isso está na evolução humana. Nosso organismo está programado para armazenar energia em forma de gordura, como uma reserva para tempos difíceis.


Em outras palavras, é resultado de milênios de evolução, quando nossos antepassados enfrentaram uma grande escassez de alimentos durante muitos anos.


No entanto, nos dias de hoje, com o fácil acesso a alimentos ricos em calorias, ultraprocessados e cheios de açúcar, essa característica se tornou um problema estético.

Coolsculpting: como o tratamento ajuda a afinar a cintura?


Felizmente, a ciência evoluiu e trouxe consigo soluções inovadoras para combater a gordura localizada. Uma das técnicas mais promissoras é o famoso Coolsculpting!


A princípio, essa técnica usa a criolipólise para congelar e eliminar as células de gordura sem a necessidade de cirurgia. A criolipólise é um método não invasivo que atua resfriando as células de gordura.


O grande destaque do Coolsculpting é sua eficácia e segurança. O consultório médico é essencial para se realizar o tratamento dermatológico.


Além disso, o procedimento é totalmente preciso e direcionado, o que significa que somente as células de gordura são afetadas, preservando os tecidos adjacentes.

Para quem o tratamento é indicado?

Dermatologista fazendo Coolsculpting na paciente
Dermatologista fazendo Coolsculpting na paciente (Imagem: Canva)


Afinal, será que o Coolsculpting é para todos? Pessoas que têm gordura localizada e desejam se livrar desse incômodo são o público alvo dessa técnica maravilhosa.


Contudo, é importante destacar que tratamentos com criolipólise não são uma solução para perda de peso/emagrecimento, apenas para modelar áreas específicas do corpo.


Sendo assim, o procedimento é versátil e pode ser aplicado em várias regiões do corpo, como abdômen, flancos, coxas, costas e até mesmo na face, como no queixo.


Por isso, se você tem aquela gordurinha mais aparente, que parece resistir a dietas e exercícios físicos, o Coolsculpting pode ser a solução que você estava procurando.

Dermatologista pode fazer o procedimento de Criolipílise?


Um dermatologista treinado e capacitado para manusear os aparelhos e produtos corretos é essencial para fazer o tratamento estético da criolipólise.


Dessa forma, se garante não apenas a segurança do procedimento, mas também a expertise de um profissional que compreende a anatomia da pele e do corpo.


Além disso, o dermatologista vai avaliar suas necessidades e expectativas, recomendando o número de sessões necessárias para alcançar os resultados desejados.


Então, ao longo do procedimento, você pode relaxar, ler um livro ou até mesmo assistir a um filme, tornando a experiência ainda mais confortável e rápida de terminar.

Quais outras formas de acabar com a gordura localizada


Além do Coolsculpting, existem outras opções para combater a gordura localizada. A seguir, listamos alguns procedimentos que vão além da criolipólise. Confira:

  • Lipoaspiração: este é um procedimento cirúrgico que remove a gordura através de sucção. É uma opção mais invasiva e com tempo de recuperação mais longo;
  • Radiofrequência: em seguida, temos a radiofrequência, que utiliza o calor para estimular a produção de colágeno e quebrar as moléculas de gordura;
  • Injeções de lipolíticos: essas injeções contêm substâncias específicas que são injetadas nas áreas escolhidas. Dessa forma, elas quebram as células de gordura;
  • Exercícios e dieta: e claro, a combinação de alimentação saudável e atividade física sempre é recomendada para manter os resultados a longo prazo.


Como você pode ver, o Coolsculpting é uma alternativa inovadora e segura para eliminar a gordura localizada e conquistar um físico esbelto e uma cintura fina.


No entanto, é importante consultar um dermatologista para saber qual tratamento é mais adequado para você e dê um passo em direção à confiança e bem-estar que você merece.


Por fim, continue acompanhando diariamente nossos conteúdos, para ficar sabendo em primeira mão as principais tendências do mundo da beleza, saúde e bem-estar!